terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Medo



Você tem medo de senti-lo, mas ele tem medo que você não o sinta mais.
O medo não passa de algo desconhecido, que some e aparece.
Mas afinal, quem é ele? Porque você o sente?
Um sentimento estranho que nos confunde e quando chega, passa dias e mais dias, atormentando sua vida, destruindo seu caráter e tirando seu sono.
Já experimentou manda-lo embora?
Eu sei que talvez você não tenha coragem, mas meu bem se você continuar vivendo dessa maneira, em breve não terá forças para acabar com esse pânico.
Já esta mais do que na hora de você dar um basta nessa vida medíocre e ignorar esse medo.
Ele até pode ser forte, mas não há nada mais forte do que sua vontade de viver.

Texto criado por: Débora Pires(DébyWeb)

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Hoje antes que acabe (Parte I)


O acaso existe?
O destino é real?
Será que tudo que acontece só acontece porque teria que ser assim, ou será que temos alternativas constantes e invisíveis?
O mundo é muito louco e talvez sem explicações exatas de momentos comuns.
A vida é um mistério que há muito tempo as pessoas tentam descobrir e desvendar.
A vida tem seus aliados e entre eles muitos loucos, loucos assim muito parecidos comigo, mas entre tantos posso dizer que sou especial em alguns aspectos que você logo descobrirá.Fique aqui,quero ver seu rosto por algumas horas.
Você veio para mostrar que as manhãs são belas e não preguiçosas, e o céu é mais azul do que representa ser.
Entregue-se a mim, antes que acabe esse dia quero estar ao seu lado!
Quero muito e sempre noticias suas.

Texto criado por: Débora Pires

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Que Saudade


A distancia é triste,dolorosa,incompreensível...
Mas as vezes é preciso nos separar das pessoas de que mais gostamos para descobrir a verdadeira importância e a falta que elas fazem em nossas vidas.
Neste momento gostaria de rever tantas pessoas...e somente alguns minutos,já me deixariam satisfeita, ou com mais saudade ainda.
Sentimos saudades dos velhos amigos,daqueles que já se foram,daqueles que conhecemos em um único dia, dos bichinhos de estimação, de lugares, de momentos bons...
As vezes conseguimos enganar a saudade com os meios mais práticos da tecnologia(olhando sua foto ou escutando a musica que curtimos juntos certo dia)mas nada se compara a real companhia,daqueles que gostamos.
Eis aqui o sentimento mais profundo e verdadeiro...a SAUDADE.

Texto criado por:Débora Pires


quinta-feira, 15 de outubro de 2009

A POPULAÇÃO

A População parece cega, pois para eles o ruim é bom e o bom parece Braga. A juventude é passageira, por isso tente não fazer besteira. Mas não entenda como: Cuidado para não errar!
Pois só quem erra aprende a acertar. Hoje você ainda é jovem e tudo parece em ordem.
Amanhã terá que aprender a conviver com um medo que te destrói, com um medo que te fortalece.
A coragem que está distante a covardia que prevalece. As lembranças que deveria esquecer são lembranças que sempre lembrará, até porque falando cria-se uma situação a qual vivemos do que falamos ou falamos do que vivemos.
Sentindo na pele o peso de cada palavra, desenvolvendo frases inúteis. Todos nós somos livres para fazer o que desejamos e muitas vezes despreparados para conviver e enfrentar as consequências.

Texto criado por:Débora Pires

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Que vento é este?


Sinto a brisa bater levemente em minha face.Sinto o vento correr rápido em meu corpo,gelando e arrepiando minha pele,bagunçando minha temperatura,atiçando meus sentidos.
Observo a transformação de um simples vento nas ondas do mar,um vento forte,que pretende chamar a atenção de quem o admira.
Vejo o vento ser ferramenta para a beleza urbana.
Vejo um vento destruindo o cenário da vida de quem fez historia em seu pequeno palco,mais conhecido como seu aconchegante lar.
Um vento que ajuda,um vento que atrapalha.
Seu vento,você é meu ar.O ar que respiro e que não pode faltar,ou tudo acaba,e o resto vira memória.

Texto criado por: Débora Pires

Resultado final

O que eu penso,muitas vezes,é jogado em uma lata de lixo cheia de ideias ignoradas.
O futuro é incerto,o destino é esperto e você não passa de um personagem.
Hoje abri a porta a espera de uma noticia boa,foi patético,pois nada fiz para recebê-la.
Sonhar é necessário mas viver de ilusões é inútil.
E já faz um bom tempo que “achar”não é suficiente para a sobrevivência humana.

Texto criado por: Débora Pires

Um mundo que ninguém vê

Uma linguagem fora de ordem.Um eu sem você.
Um mundo que espera sentado de braços cruzados um milagre acontecer,não sabe opinar,ou teme o que pode acontecer.
No transito engarrafado,alguns moleques sentados esperando o sinal fechar para,quem sabe,algumas moedas ganhar e assim se alimentar.
A cor imunda por traz de um papel colorido,que compra quase tudo que valor tem.Não vale nada quando vejo a cor da maldade,desgraça,destruição,e tantos outros pecados que vem e vão,sem ao menos pesar na alma e doer no coração.
Vivem pior que animais e nunca pedem perdão.


Texto criado por: Débora Pires

Um minuto de silêncio


Não se admire se amanhã o sol não aparecer e se um dia cinza e desagradável nascer. Um sol, uma vida, um dia que passou... E assim mais um dia se foi e com ele seu pensamento. Um pensamento distante, mas curioso. E quando o dia está escurecendo, nós seres humanos já estamos mostrando fisicamente o cansaço, então entramos em um sono onde viajamos até que o compromisso nos desperta, mostrando a rotina de um novo dia. A rotina nos faz prisioneiros do mesmo caminho, fazendo com que tudo pareça a mesma coisa todos os dias e, muitas vezes, nos confunde um pouco, fazendo com que muitas coisas importantes passem totalmente despercebidas. A incerteza e a preguiça fazem o ser humano acreditar que o mínimo alcançado é suficiente e assim, se acomodam. Hoje, daqui a algumas horas será amanhã, e o amanhã acaba em 24hs. O que você vai fazer nas próximas 24hs? O tempo passa rápido e os ponteiros podem ou não te impressionar. Os ponteiros não são apenas a contagem do tempo, mas a contagem do seu tempo. Tire um tempo de descanso onde a rotina não é a sua convidada principal.

Texto criado por: Débora Pires

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Teu Caminho


Os passos nos afastam ou nos aproximam de algo. Passos curtos, longos, rápidos ou lentos, te guiam para algum lugar, o teu lugar. Muitos podem conhecer o caminho que você quer trilhar, mas só você sabe o que quer. A luz do poste mostra seu caminho iluminado, então você passa por ela, ela perde a força e apaga,assim como o cansaço te joga para fora da tua estrada e você perde a força de trilhar seu caminho. De onde você está até onde pretende chegar há um longo caminho, e cansar é desistir, desistir é entregar-se. Entregar-se ao cansaço quer dizer fracassar e fracassar mostra o quanto você é incapaz de se responsabilizar por seus simples atos. Nesse trajeto não pegue carona, pois carona é fácil e o fácil torna-se difícil. O difícil para os fracos significa impossível, e o impossível é desistir de tudo, é o vazio interior onde os fracos colecionam derrotas. Siga seu caminho sem esperar esmolas desse mundo.

Texto criado por: Débora Pires