quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Que Saudade


A distancia é triste,dolorosa,incompreensível...
Mas as vezes é preciso nos separar das pessoas de que mais gostamos para descobrir a verdadeira importância e a falta que elas fazem em nossas vidas.
Neste momento gostaria de rever tantas pessoas...e somente alguns minutos,já me deixariam satisfeita, ou com mais saudade ainda.
Sentimos saudades dos velhos amigos,daqueles que já se foram,daqueles que conhecemos em um único dia, dos bichinhos de estimação, de lugares, de momentos bons...
As vezes conseguimos enganar a saudade com os meios mais práticos da tecnologia(olhando sua foto ou escutando a musica que curtimos juntos certo dia)mas nada se compara a real companhia,daqueles que gostamos.
Eis aqui o sentimento mais profundo e verdadeiro...a SAUDADE.

Texto criado por:Débora Pires


7 comentários:

  1. Belas palavras, Débora. Meus parabéns pelos escritos deste blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Ela descreveu o que realmente a gente sente e muitas vezes não temos coragem de falar.
    Gostei da parte em que fala que tentamos aliviar a saudade com meios tecnológicos como imagens e música como forma de relembrar a presença de alguém... muito bOoom!!!
    Bjos e abros do teu amigo e fã Giovane

    ResponderExcluir
  3. hola!! ami tambie me gusta tu blog, esta muy bien armado y organizado. Tus publicaciones m egustaron un monton. Gracias tambien por ser parte de mi blog. Saludos y mucha suerte, que nosotros podemos salir de esta sociedad ignorante. ajaja

    ResponderExcluir
  4. "Saudade é como um barco / que descreve um arco / sem atracar no cais. É o revés de um parto / é arrumar o quarto / do filho que já morreu" - Chico Buarque

    ResponderExcluir
  5. Engraçado, ontem minha sobrinha voltou pra cidade dela. E eu estava escutando ainda há pouco uma das músicas que ela mais gostava de ouvir quando ligava o pc... saudade grande da galera! ^^

    "Saudade é um pouco como fome, só passa quando se come a presença."
    Clarice Lispector

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  6. achei maraaaa
    este teu blog esta perfeito!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo, Débora! O Peninha, compositor, escreveu uma música: "saudade até que é bom. É melhor que caminhar vazio."
    Eu sinto muita saudade, inclusive de mim mesma.
    Mas, é bom! Muito bom! Isso mostra que vivi!

    ResponderExcluir