segunda-feira, 9 de agosto de 2010

HOJE ANTES QUE ACABE (II)


Prometo sempre te levar comigo aonde quer que eu vá. Prometo sempre lembrar os melhores momentos juntos. Do teu sorriso, do teu perfume e do teu olhar. E me desculpe por eu não conseguir prometer esquecer o passado que você magoou. Pois só assim posso distinguir o real do ilusório, mas mesmo assim eu te amo.
Sua rebeldia repentina me faz parar para pensar, e logo me perguntar o que vi em você, o que em mim despertou e fez notável o seu olhar tão próximo de mim. E, mesmo longe, muito longe, será lembrado.
Os dias chuvosos trazem você para perto de mim e, quando me sinto só, na escuridão da noite, lembro de sua voz. A ilusão me faz ouvir o telefone tocar, com você dizendo: “olá, me desculpe por te acordar, mas só liguei para desejar boa noite.” Me sento, respiro fundo, e só o que vejo são as minhas lembranças. Texto Criado por: Débora Pires (DébyWeb)

7 comentários:

  1. "Distinguir o real do ilusório..."
    Distinguir o real do sonho...
    Corpo e alma sempre em contradição.

    ;D

    ResponderExcluir
  2. Gostei imenso do teu texto ;) . Estou a seguir o teu Blog também :$

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. é como se vc tivesse escrevido pra mim...Deby: vc tem o dom, espero que vc escreva logo o seu livro, pois eu quero uma cópia do manuscrito... bj grande!

    ResponderExcluir
  5. Oláá Guto..Obrigadaa!!
    Um livro??nossaaaa,Que bom q pensa assim e se um dia eu tiver esta grande oportunidade pode deixar que eu te mando..hehehehe
    Obrigada mais uma veez.
    Vlwww!

    ResponderExcluir