quarta-feira, 29 de dezembro de 2010


"Sopra sujeira da mente
E purifica o meu coração"

Fogo de chão - Circus Musicalis

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010



Quem não tem a capacidade
de ver que está sendo enganado
sempre será "coitado".
Débora Pires(débyweb)

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010


♫ ♪ " Deixa estar que o que for pra ser vigora
Eu sou tão felizVamos dividir
Os sonhosQue podem transformar o rumo da história
Vem logo
Que o tempo voa como eu
Quando penso em você" ♪♪ ♫
Sua presença altera os meus sentidos e sua essência entorpece os meus pensamentos.
Débora Pires(Débyweb)


segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Enquanto estava de olhos fechados...



Muitas vezes a ansiedade me impulsiona e faz com que eu estrague os detalhes de um fato comum. Perco-me em poças sujas de um olhar nervoso e compulsivo, mas lamento, e sei que não é por falta de aviso.
Não veja, não escute, não responda, não respire, não pisque, não compre, não use... Tudo em vão. E agora não adianta mais, terei que esperar o perdão, o perdão que virá, quando? Não sei.
E a ansiedade inflama, e o fogo nem sempre mata, mas machuca, queima e arde. E a queda nem sempre destrói, diferente do sol que pode sumir e ao contrário da ilusão que é compulsiva. Por favor, preciso respirar.
Mas cuide-se, pois, um só olhar te defende e um só olhar te destrói, e como você, sabe disfarçar não é pra mim. Será que é difícil entender?
Eu realmente não esperava que fosse assim, nunca pensei que este maldito sistema pudesse lhe devorar... Então fico te observando, e, é lamentável informar que sua recuperação não será fácil. Mas nada do que eu faço é em vão! E este seria o momento certo para explodir a ignorância.
E a verdade é que eu não sei muita coisa, mas posso afirmar que os nossos caminhos a seguir não serão um alvo fixo, e muito menos um momento espontâneo o quanto deveria. E mais uma vez a desorganização grita, grita e grita, e mesmo sabendo que isso não deveria me desconcentrar, é quase impossível fingir que não estou escutando, meus ouvidos não suportariam.
Mas... O que será tudo isso? Será medo ou desorganização? Eu preciso saber, mesmo sem conhecer ao certo o que está por vir. E nestes momentos a fantasia não é tão ruim assim. Então estou disposta a conhecer tudo e ir além do perigo. Plantando uma semente duvidosa que pode não brotar.
E, eu sei que talvez você esqueça tudo isso, mas não desanime nunca, mesmo sabendo que o nunca é uma palavra forte de mais em algumas ocasiões.
Mas mesmo assim, não tenha medo, a escuridão pode te cegar, mas até onde eu sei você não perdeu os sentidos. E ficar só, no meio da rua em uma tempestade, não é o fim do mundo, mas pode ser o fim de uma tarde sombria, totalmente propicia para fazer uma monologo, onde a chuva será sua única companhia viva.
Até pq, quem conhece o fim nunca desperdiça um novo começo.
Texto Criado por: Débora Pires( Débyweb)

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Nando Reis!!!

Olááá pessoal, depois de ficar um tempo sem novos post, eis que volto, kkkk...



No dia 5/12 Porto Alegre recebeu Nando Reis e os infernais no Parque da Redenção.O evento foi realizado através do projeto Naturella que marcava o lançamento da linha de absorventes higiênicos no Brasil. O musico foi pontual e entrou no palco às 17hs, aos comandos da Apresentadora Rodaika do Patrola. O Show terminou pouco antes das 19h. Desculpando-se por estar com a voz um pouco rouca, o que de fato, foi apenas um pequeno detalhe, pois o pessoal ajudou cantando todas as musicas.
Nando Reis fez graça e arrancou suspiros da metade do público feminino, rsrsrs, e ainda brincou com os fãs, dizendo estar surpreso com os gremistas ali presentes (sim, o time disputava uma partida importante no Estádio Olímpico), mas como eu pude observar, tinha uma galera com os indispensáveis fones de ouvido. Era o caso da fã e torcedora Cássia Abbis, que estava dividida entre a partida e o show.
Nando tocou os seus maiores sucessos como: Por Onde Andei, All Star, Marvin, Luz dos Olhos, A letra A, Ainda não Passou, O Mundo É bão, Sebastião, entre outros. E o que ninguém esperava é, que assim como o jogo, o Show teve o “segundo tempo” e Nando Reis troca seu repertório e canta Vando e Roupa Nova.
Após o Show eu tive a oportunidade de me dirigir até o camarin e ter uma conversa com o musico, que era traduzido em simpatia e simplicidade.Foi um grande Show.

Até a Próxima.

Débora Pires









Aline, DébyWeb e Cássia Abbis.