segunda-feira, 23 de maio de 2011

Marcelo Jeneci interpreta "Dar-te-ei" no Estúdio Showlivre - 9/11


Não te darei flores /não te darei/elas murcham,/elas morrem/Não te darei presentes /não te darei/pois envelhecem /e se desbotam/Não te darei bombons /não te darei /eles acabam, eles derretem/Não te darei festas /não te darei /elas terminam, elas choram, elas se vão.
Dar-te-ei finalmente os beijos meus/Deixarei que esses lábios sejam meus, sejam teus.Esses embalam...esses secam...mas esses ficam. Não te darei bichinhos /não te darei,/pois eles querem, eles comem/Não te darei papeis não te darei, esses rasgam, esses borram/Não te darei discos não,eles repetem,eles arranham/Não te darei casacos não te darei, nem essas coisas que te resgardam e que se vão/Dar-te-ei a mim mesmo agora/E serei mais que alguém que vai correndo pro fim/Esse morre...envelhece...acaba e chora...ama e quer...desespera esse vai... mas esse volta.

Martha Medeiros

"Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, sua adoraçao ou seu desprezo.O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia."

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Sua personalidade não pode ser vendida
Mas seus atos podem render juros
Preencha sua liberdade de escolha.


Débora Pires

Jota Quest -

La PlataComposição : Rogério Flausino





"Quanto vale o show?

Quanto vale o amor?

Quanto vale então

Fazer das tripas coração?

Quanto vale o som?

Quanto vale a dor?

Quanto vale a culpa

E um pouquinho de atenção?" ♪



Mais fotos no Facebook:



APOIO: PORTAL BARRA VIVA



terça-feira, 3 de maio de 2011

2ª Amostra experimental fotográfica de Débora Pires

A SIMPLICIDADE É O ATO MAIS SOFISTICADO QUE EXISTE.